Adimplere

5 práticas para acompanhar a concorrência e não ficar para trás

Em um mercado cada vez mais disputado é essencial que as empresas busquem meios de criar vantagem competitiva em relação aos concorrentes, para manter — e aumentar — a sua carteira de clientes.

Para te ajudar nessa tarefa, preparamos este post com 5 práticas para acompanhar a concorrência e não ficar para trás. Acompanhe!

1. Monitore a concorrência

O principal ponto para garantir que a empresa conseguirá acompanhar a concorrência para manter-se em evidência no mercado é monitorar os concorrentes. Isso deve incluir diversos fatores: produtos ofertados, preços praticados, relacionamento com os clientes, estrutura da empresa, estratégias de marketing e presença online.

É preciso ter atenção à concorrência direta e indireta. A direta é aquela formada por empresas que trabalham com o mesmo produto ou serviço que o seu, ou outro bastante similar. Já a indireta é aquela que não presta um serviço tão semelhante, mas também poderia substituir a sua empresa.

Por exemplo, uma pizzaria tem como concorrentes diretos as outras pizzarias e como concorrente indireto as demais lanchonetes e restaurantes, pois todos estarão relacionados à alimentação do cliente.

Com base nesses fatores, a sua empresa poderá localizar os pontos fracos e fortes — próprios e da concorrência — para trabalhar estratégias que permitam o destaque do negócio.

2. Busque novas tecnologias

É fundamental estar sempre atento às tecnologias do seu setor de atuação, seja para oferecer melhores produtos e serviços para os clientes, seja para melhorar a gestão da empresa e facilitar as ações internas.

A utilização de softwares para facilitar o atendimento dos clientes ou a implantação de outros setores com tecnologias para agilizar os procedimentos internos, por exemplo, tem impacto direto na experiência do cliente, podendo ser o diferencial necessário para garantir a fidelização e a recomendação dele para outras pessoas.

3. Faça uma análise de preço

Na hora de precificar os seus produtos e serviços, é preciso compreender qual será o lucro gerado. Por isso, é importante analisar todos os custos envolvidos no item para descobrir a margem de lucro de cada um.

Ciente desses fatores e estando por dentro dos preços praticados pela concorrência, é preciso, sempre que necessário, fazer a análise dos valores ofertados pela sua empresa para verificar a possibilidade e/ou necessidade e readequação.

Desse modo é possível garantir que os preços ofertados estão na média do mercado — nem muito acima, nem muito abaixo do que é praticado — fator essencial para manter-se em evidência sem prejudicar a saúde financeira do negócio.

4. Preze pela qualidade

Ter cuidado com os preços é fundamental, contudo, não se pode esquecer ou negligenciar a qualidade dos produtos e serviços ofertados. Se a diminuição de preço significar diminuir também a qualidade, provavelmente não é o melhor caminho para lidar com a concorrência.

Isso porque a qualidade inferior refletirá na relação com os clientes e na reputação da empresa, podendo prejudicar o negócio. Nesses casos, é importante preparar a equipe para explicar aos clientes os diferenciais e a qualidade superior do produto, para justificar os preços.

Ainda, é possível tentar trabalhar com outras alternativas, como serviços de consultoria ou instalação de produtos, para que o cliente sinta um retorno maior em relação ao preço pago.

5. Potencialize o mix de produtos ofertados

Ao trabalhar com determinado produto ou serviço, é importante entender quais são as necessidades do cliente e oferecer outros itens que possam ser do interesse dele. Muitas vezes ao procurar uma mercadoria o cliente também precisa de outros itens que, caso também sejam vendidos na mesma loja, podem facilitar o fechamento da compra.

Ainda, a empresa poderá aumentar o público atendido e, consequentemente, o retorno financeiro, oferecendo uma variedade maior de produtos ou serviços que estejam relacionados à finalidade principal do empreendimento.

Dessa forma, seguindo essas práticas, a empresa conseguirá acompanhar a concorrência e buscar uma vantagem competitiva, aumentando as chances de sucesso do negócio.

E então, gostou deste post? Agora que você já sabe como acompanhar a concorrência, assine a nossa newsletter para receber outras dicas como essa no seu e-mail!